terça-feira, 9 de junho de 2009

Filhos do Sol na Fenadoce

Estava me segurando para não contar como foi o show da Fenadoce até que tivesse imagens para mostrar. Os guris tocaram bem direitinho, o público foi bem gentil e animado. Passado o nervosismo os guris relaxaram e curtiram a apresentação e a tarde na Feira. Alguns deles tiveram a oportunidade de conhece-la naquela tarde, pois nunca tinham ido nela antes.
As fotos estão datadas erroneamente como podem notar, pois foram tiradas no próprio sábado durante a apresentação:




Para que vocês tenham noção da qualidade musical que os Filhos do Sol estão adquirindo com o passar do tempo, aqui vai uma filmagem curta da música preferida deles (e é mesmo, como gostam dela). Nunca vou me esquecer que no primeiro dia que os meninos tiveram contato com os instrumentos, mesmo sem jeito, tocaram o "Brasileiro" bem direitinho. Eles estão crescendo musicalmente, mas nunca escuto eles tocando essa música sem me lembrar da primeira vez.


video

Já disse por aqui que estou aprendendo muito com eles e de várias maneiras. Hoje canto mais, dou menos importância para pequenos problemas, além de estar aprendendo a ser uma pessoa diferente. Olhem a lição que eu tive nesta tarde:

Os meninos ganharam o seu primeiro cachê. Dez reais cada um. E estavam planejando o que fazer com o dinheiro. Um deles, que já tinha espiado o Fliperama na passada, veio me falando todo seguro: - Com esse dinheiro vou ganhar um MP4, pois em uma máquina tem um quase caindo.
Eu comecei a dar um discurso para ele, dizer que era melhor ele guardar o dinheiro para alguma outra coisa, pois esses jogos são difíceis de ganhar, além de muitos deles serem programados para ninguém ganhar ou prenderem muito os prêmios para eles não “caírem” nunca. Fiquei um tempão nessa, dizendo que não era para ele jogar, e ele só me dizia: “Mas eu vou ganhar”. E eu sempre dizendo, é muito difícil, não gasta o teu dinheiro.
E ele é esperto, sabia que o prêmio estava próximo de “cair”. Passou a apresentação, os guris fizeram compras e ele continuava sem gastar o dinheiro dele. Não é que perto da hora da saída, entram todos os guris na Praça de Alimentação comemorando, porque ele tinha ganhado o MP4. Precisavam ver a felicidade dele, que me disse: - Viu, te disse que ia conseguir!
Ainda bem que ele não me ouviu, ainda bem que seguiu com as convicções dele. Logo eu que não sou de fazer as pessoas deixarem de acreditar em seus sonhos ou desencorajá-las estava agindo dessa forma. Lição da tarde: sonhos se realizam, mas temos que investir neles, mesmo havendo riscos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário